segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

A Rua da Quitanda

A imagem abaixo é da rua da Quitanda em Diamantina e, segundo registros do autor de sua postagem original, é o primeiro cartão postal colorido da cidade.

Fotos antigas
                                                                             Fonte

Quitanda é uma palavra de origem "quimbundo" (dialeto angolano) e significa venda ou feira. No Brasil foi muito utilizada para identificar os pequenos estabelecimentos comerciais especializados na venda de alimentos e bebidas para o consumo imediato, como frutas, verduras, ovos, bolos, biscoitos caseiros, doces, pães, bebidas. Hoje anda meio em desuso...

Na linguagem popular, não só entre os mineiros, o termo quitanda refere-se também aos doces, bolos e biscoitos feitos em casa. Uma explicação para esse uso está na história. No século XVIII, era muito comum o comércio ambulante de comestíveis realizado pelas ditas "quitandeiras" que eram escravas, forras ou mulheres livres que circulavam com seus tabuleiros pelo entorno dos garimpos de ouro e diamante para vender seus quitutes ou quitandas.

Em 1743, o governo português por intermédio de seus representantes na colonia, entendeu que esse tipo de comércio era prejudicial à mineração, pois essas mulheres vendiam também aguardente e favores sexuais aos trabalhadores das minas, diminuindo o tempo e o esforço gasto na exploração das riquezas.

As autoridades proibiram a circulação das quitandeiras pelas lavras e ruas do distrito diamantino e, como solução delimitaram o comércio de quitandas ao espaço da rua que ficou conhecida então como, rua da Quitanda.

Diamantina

Atualmente a rua é parte do espaço histórico do centro da cidade de Diamantina, com seus imponentes casarões que emprestam suas janelas como palco para os músicos que varias vezes ao ano contemplam o publico com a belíssima Vesperata.

Rua da Quitanda

Com seus bares e lojas de souvenir, o espaço é um dos preferidos pelos turistas e moradores da cidade que aproveitam para conversar e ouvir musica sentados numa das varias mesas e cadeiras espalhadas pelos calçamento de paralelepípedo. Um charme só!

Beco do Mota

Destaca-se no final da rua, que termina num belo largo, o Café "A Baiúca", o ponto preferido da maioria que já conhece a cidade.
rua da quitanda

25 comentários:

  1. Belos olhares que convidam a conhecer!!!
    Bj carnavalesco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois venha ver de perto! É uma cidade muito tranquila. Bjs

      Excluir
    2. Veja se gosta:
      https://mgpl1957.blogspot.pt/2017/03/poema-na-velhice.html
      Bj

      Excluir
  2. Muito boa esta postagem.

    Beijinhos e feliz Carnaval

    ResponderExcluir
  3. Simplesmente belíssimo querida amiga, gostei imenso muitos beijinhos felicidades

    ResponderExcluir
  4. Interessante o fato de quitandas serem os estabelecimentos comerciais onde são vendidos, bolos, biscoitos, fatias. Eu uso esta palavra exatamente pra me referir a estas guloseimas deliciosas, que os mineiros fazem como ninguém.
    Excelente postagem, Anabela.
    Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade a palavra serve como referência para o estabelecimento e aqui em Minas usamos também para as guloseimas... Bjs

      Excluir
  5. Ana
    gostei imensamente de poder conhecer a rua da Quitanda de Diamantina
    e também esses fatos históricos das quitandeiras.
    Quando criança havia muitas quitandas em meu bairro, hoje em dia chamam de hortifruti, ou verdurão, e mudaram totalmente o conceito
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, embora a palavra exista no dicionário, hoje está em desuso por ter sido substituido por outros termos.Bjs

      Excluir
  6. Mais um texto que nos dá a conhecer outros sítios outros costumes.
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela presença aqui e fico feliz por ter lhe mostrado algo interessante. Bjs

      Excluir
  7. Gosto muito de conhecer a história de lugares, como esta da rua da Quitando em Diamantina.
    Bonitas fotos.
    Um abraço.
    Élys

    ResponderExcluir
  8. Muito boa postagem Anabela.
    As quitandas como os armazéns e empórios dos anos 60 eram pontos de vendas diversas muitas mercadorias oriundas dos mascates da época. Pois bem o termo quitanda também em em minha região de Minas significa as guloseimas feitas pelas habilidosas senhoras em suas cozinhas. Diamantina é um turismo preciso para quem não conhece e bom para rever sempre.
    Parabéns por mais este belo trabalho de recontar historias de Minas.
    Bjs de paz.

    ResponderExcluir
  9. Acabo de chegar do café :))) onde estive um pouquinho à conversa... :)

    Gosto muito de suas postagens especialmente porque, sendo portuguesa, muitos dos assuntos que abordas são-me desconhecidos. E eu gosto imenso de aprender coisas novas! Para além do meu gosto muito especial por História...
    Obrigada pela oportunidade de aprender...

    Bom Fim-de-semana
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderExcluir
  10. Gosto por demais vivenciar a historia contada, seja de que assunto for e, em sendo de nosso País mais me enebria a leitura. Olá minha amiga passando para ler as novidades e te convidar a participar de uma BC no meu cantinho. Mesmo que não topes passa lá para tomarmos um cafezinho :-) beijos!

    ResponderExcluir
  11. As quitandas é uma história completamente nova para mim.
    Abraço

    ResponderExcluir
  12. Já conhecia a palavra quitanda, mas não com este historial todo. As fotografias são muito bonitas.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Ainda se encontram em cidade do interior algumas Quitandas, Armazéns.
    Diamantina é um lugar cheio de história bonita. Minas Gerais é um Estado que amo.
    As fotos são belíssimas.
    Boa semana !
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Que lugar maravilhoso!!
    beijos

    http://www.julialisblog.com/

    ResponderExcluir

  15. Bom dia!

    Meu nome é Fernanda Alves, eu falo em nome da Lionshome. Estou entrando em contato com você, pois estamos analisando blogs em todo o Brasil para fazerem parte de nossa Rede de Blogs e o seu blog foi selecionado.

    Nós gostamos bastante do conteúdo da sua página e temos certeza que nossos usuários vão gostar e se informar mais.

    Só explicando um pouco melhor sobre a LionsHome, nós somos uma Startup localizada em Berlim que durante seus dois anos de vida vem crescendo rapidamente.Recentemente lançamos nosso Website no Brasil e estamos buscando Blogs com conteúdos interessantes e interativos para fazer parte da Rede LionsHome de Blogs.

    Com a nossa rede de blogs você tem a oportunidade de adicionar uma pequena descrição sobre os seus posts ao nosso website através do RSS-feed, atraindo assim mais visitantes e leitores para o seu blog (quando os usuários clicarem em seu post são redirecionados para o seu blog). Caso você tenha interesse, essa participação é completamente gratuita, já que estamos entrando agora no mercado brasileiro. A única coisa que pedimos em troca aos blogs da rede Lionshome é adicionar uma pequena logo nossa em sua página inicial assim que você se registrar.

    O link para se inscrever é o seguinte:

    http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/signup/

    Se você quiser saber como funciona melhor nossa rede de blogs, pode visitar nosso website:

    http://www.lionshome.com.br/br-br/blogs/all/ (Brasil)

    Qualquer dúvida, estou à disposição.

    Abs,
    Fernanda Costa

    --
    Fernanda Costa
    Marketing & Community Manager Brazil
    Phone: +49 030 120 534 090
    Web: www.lionshome.com.br

    ResponderExcluir
  16. Mais um post formidável, repleto de interesse histórico e cultural!...
    Excelente trabalho, Anabela!
    Beijinho
    Ana

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Seja benvindo e volte sempre!